Dizem que a água não tem data de validade, e sim a garrafa. Então, por que o mel que vem em embalagem de plástico não tem validade?

A água é o que permite que processos bioquímicos ocorram dentro da garrafa. O plástico demora muito para se degradar, mas pequenas quantidades vão de fato se desprender da garrafa com o tempo, e para garantir a segurança e o sabor normal da água, os fabricantes colocam uma data de validade na maioria das garrafas.

Não tenho certeza se isso é obrigatório no Brasil, mas nos EUA já foi até 2006 por causa do estado de Nova Jersey, que exigia que uma validade de 2 anos fosse colocada nas garrafas. Por conta desse estado, praticamente todos os fabricantes começaram a colocar a data de validade para poder vender para N.J.

No caso do mel, se a concentração de água for alta, ele também virá com data de validade. As variedades do mel que não têm a data são aquelas cuja concentração de água não é alta o suficiente para permitir os processos bioquímicos, devido à alta viscosidade do mel. É por isso que ele tem uma duração tão longa, mesmo apesar de também poder conter esporos botulínicos, por exemplo, o que faz com que não seja recomendado para crianças.

Leave a Reply

Your email address will not be published.