Conheça um(a) prisioneiro(a)!

Sabe aquelas coisas que a gente vê em filme e fica meio na dúvida se aquilo realmente acontece na vida real? O assunto desse post é uma dessas. Você já pensou em enviar uma carta a alguém preso? Nos EUA você pode! E não existe só um, mas múltiplos serviços que possibilitam e facilitam essa correspondência.

Maxwell, 28 anos, gosta da natureza, exercícios físicos e procura alguém para trocar cartas, criar uma amizade ou algo mais.
Maxwell, 28 anos, gosta da natureza, exercícios físicos e procura alguém para trocar cartas, criar uma amizade ou algo mais.

O que se diz o maior deles, Meet-An-Inmate, tem perfis básicos de homens e mulheres presos no complexo prisional americano, onde eles contam como são, o que procuram, o que têm feito durante a sentença e quando estarão livres. Os presos podem especificar se gostariam de se corresponder com gente dos dois sexos ou só de um.

O interessante de tudo isso é que, ao que me parece, a maioria dessas pessoas têm trabalhado para se tornarem a melhor versão de si mesmas. Muitos perfis deixam isso claro. E, é claro, os perfis não estão isentos de frases irônicas, como um rapaz que foi sentenciado à prisão perpétua dizendo que é um homem honesto e confiável. Não que eu saiba o que ele fez pra conseguir perpétua, mas eu não me descreveria dessa forma. 😛

Michael, 32 anos, é um ex-caminhoneiro e te convida para embarcar em uma aventura.
Michael, 32 anos, é um ex-caminhoneiro e te convida para embarcar em uma aventura.

E aí? Quer aprimar seu inglês e ter a chance de fazer amizade com um prisioneiro americano? Só clicar na imagem abaixo. Porque ser penpal é divertido! Vocês, pretendentes, podem inclusive escolher a faixa de idade da pessoa com quem quer conversar e dar uma conferida nas fotos (e tatuagens) dos rapazes e moçoilas. Aproveite!

meetaninmate

Disclaimer: é claro que não recomendo que ninguém tente realmente entrar em contato com essas pessoas. O post foi feito com um tom de humor e como uma curiosidade. A menos que você mesmo(a) decida fazer isso, a minha recomendação é pelo contrário.

One thought on “Conheça um(a) prisioneiro(a)!

  1. estou a procura de um prisioneiro pois acho interessante e quero alguém pra conversar, tmj

Leave a Reply

Your email address will not be published.